Caracterização Sintética do Parque Habitacional Camarário

Na Divisão de Habitação, Desenvolvimento Social e Saúde é desenvolvido um trabalho pluridisciplinar dividido em dois grandes sectores de intervenção:
  a. Promoção Habitacional;
  b. Gestão do Parque Habitacional Camarário através do Programa de Gestão Integrada de Bairros Municipais que atua em três grandes áreas:
    i. Patrimonial;
    ii. Financeira;
    iii. Gestão e intervenção social e comunitária.

O património habitacional gerido pela Divisão de Habitação e Desenvolvimento Social e Saúde é constituído por cinco grandes Bairros de Habitação Social:
  1. Bairro Coca Maravilhas;
  2. Bairro Pontal;
  3. Bairro Cruz da Parteira;
  4. Urbanização Mira Cabo – Cardosas;
  5. Sítio da Brava - Montes de Alvor.

Existem, ainda, outros fogos dispersos pelo concelho, nomeadamente num prédio no Centro da cidade de Portimão, na Mexilhoeira Grande, na Ladeira do Vau, nos Três Bicos e no Vale da Arrancada, perfazendo um total de setecentos e trinta e cinco fogos.


Bairro Coca Maravilhas

habitação BairroCocaMaravilhas

Construído pela Câmara Municipal de Portimão, entre 1988 e 1993, O Bairro Coca Maravilhas, está implantado numa zona mais periférica da cidade.
À data de atribuição, colmatou carências habitacionais sentidas por jovens casais e famílias residentes na zona degradada do Estremal. Passados trinta anos desde as primeiras atribuições, esta população encontra-se envelhecida, pelo que a população idosa começa a ganhar expressão.
O Bairro Coca Maravilhas é constituído por 24 blocos de 3 andares onde coexistem os regimes de propriedade resolúvel e arrendamento apoiado. 

Bairro Pontal

habitação BairrodoPontal

O Bairro do Pontal é um bairro municipal de construção muito antiga que remonta ao início dos anos 40 do século XX. A sua construção foi efetuada em duas fases distintas, a primeira nos anos quarenta e a segunda já nos anos cinquenta. É constituído por duzentas e vinte e duas pequenas moradias e por cinco edifícios, com oitenta fogos, de construção mais recente. Construídos entre o final dos anos 70 e o início dos anos 90, os fogos de dois destes cinco Edifícios, foram atribuídos em regime de propriedade resolúvel.
É um bairro com identidade própria, boas relações de vizinhança e uma história que se alicerça na história da cidade.
O bairro, implantado em pleno Estado Novo, revela as políticas e ideologia da habitação social da época. Destinado a responder às carências de uma população em franco crescimento devido à indústria conserveira, teve o seu início na emergência de alojar as vítimas da passagem do ciclone na zona da Ponta da Areia.

Bairro Cruz da Parteira

BairroCruzParteira  BairroCruzParteira2
O Bairro Cruz da Parteira foi construído no âmbito do Programa de Realojamento para a população residente em Barracas, com financiamento a fundo perdido em cerca de 50% e o restante com juros bonificados por parte do INH – Instituto Nacional de Habitação. Foram realojados 120 agregados familiares a 23 de dezembro de 1998.

Urbanização Mira Cabo

miraCabo1  miraCabo2

Este bairro tem cerca de vinte anos e foi construído no âmbito do Programa de Realojamento. No decorrer do ano de 2001 foram realojados quarenta e sete agregados familiares.

Sítio da Brava - Montes de Alvor

SitiodaBrava

O Bairro do Sítio da Brava, localizado na freguesia de Alvor, foi construído no âmbito do Programa de Realojamento. No decorrer do ano de 2006, foram realojados trinta e seis agregados familiares da freguesia de Alvor. Passados quinze anos desde a sua atribuição, o Município continua a considerar a atribuição de fogos devolutos, a famílias com residência naquela freguesia. Apesar de ligeiramente envelhecida, a população é caracterizada, predominantemente, por famílias em idade ativa.


Vale da Arrancada

O núcleo do Vale da Arrancada é constituído por 17 moradias térreas unifamiliares e foi construído em 2006 pela autarquia com tipologias que vão do t1 ao t4. Alojam 17 agregados familiares de etnia cigana, todos pertencentes à mesma família alargada, num total de 75 indivíduos.


Habitações Dispersas

O Município tem, ainda, algumas habitações dispersas, em regime de arrendamento, nomeadamente no Centro da cidade de Portimão, no Sítio das Fontaínhas - Mexilhoeira Grande, na Quinta da Ouriva - Ladeira do Vau e em S. Sebastião – Três Bicos.